sábado, 3 de abril de 2010

O Poder da Ressurreição

“E, se o Espírito daquele que dentre os mortos ressuscitou a Jesus habita em vós, aquele que dentre os mortos ressuscitou a Cristo também vivificará os vossos corpos mortais, pelo seu Espírito que em vós habita.” (Romanos 8:11)

A Páscoa está relacionada com a nossa redenção, com a nossa salvação, com o ato salvífico de Jesus Cristo que morreu na Cruz para nos resgatar, proclamando a nossa vitória.
A Páscoa fala da sua e da minha vitória; a Páscoa está profetizando a nossa entrada no céu. Só podemos entrar no céu, porque Jesus morreu, porque Ele ressuscitou, porque Ele era o único e passou a ser o primeiro. E porque Ele é o primeiro, há também o segundo, o terceiro, o quarto, e os milhares de milhares; tem você que é resultado dessa profecia, dessa chamada que o torna cidadão do céu. Jesus está no céu representando a Igreja, e a Igreja está na Terra representando Jesus.
A Páscoa obedece a uma ordem: início, meio e fim. A Páscoa fala da introdução das Festas do Senhor, fala da celebração da nossa redenção. Jesus, o Verbo Vivo, Se manifestou e nos trouxe alegria. Nesses dias de Páscoa, muitos se entristeceram, porque Jesus morreu, mas nós nos alegramos, porque sabemos que o Cordeiro foi morto, mas ressuscitou.
Quando estamos em Israel, no Jardim do Túmulo, vemos uma frase: “Ele não está aqui, pois ressuscitou”. Dali, podemos tirar diversas lições. Naquele túmulo, entrou Maria e foi consolidada. Ela simboliza a Igreja. Assim como a mulher, no Éden, foi a figura da queda, Maria foi a primeira mulher a receber a palavra da ressurreição. Naquele momento, houve uma grande restituição, porque Jesus é o maior consolidador que existe e jamais deixaria uma dívida para o inferno.

Pedro, ao entrar nos céus do Jardim, foi impactado, foi mudado, e recebeu o manto da coragem. Ele se tornou um grande líder da Igreja primitiva, foi o primeiro Patriarca da Igreja.

João também esteve ali e foi o discípulo do amor e do relacionamento, figurando o discipulado.
Então, na ressurreição de Jesus, temos a unção da restituição, da liderança e do discipulado. A Igreja precisa entrar nesse nível de restituição, de pagar dívidas, de receber o manto de coragem e de andar na tônica do discipulado.
Quando Jesus disse: ‘Eu vim para que tenham vida’, Ele falou: ‘Eu vim para que vocês vivam ressuscitados’.
Ele nos chamou para governar, para reinar sobre os inimigos. Ele quer que tenhamos autoridade para governar. Ressurreição é voltar a ter o que perdemos, com graça e autoridade.
................
É essa palavra que Jesus tem hoje para os Seus filhos. Jesus nos ressuscitou para a vida, por isso não tenha cara de derrotado, nem de tristeza, nem de aflição. Domine as situações de sua vida. Governe, porque você recebeu o poder da ressurreição de Yeshua. O poder de ressurreição abrange todas as áreas da sua vida: familiar, pessoal, profissional, ministerial.

Hoje Deus quer ressuscitar áreas da sua vida que estavam mortas. Por isso, receba a palavra de ressurreição do Senhor e viva em novidade de vida.

Apóstolo Renê Terra Nova

Um comentário:

  1. shalom linda, de que ajuda e sugestão vc precisa mesmo? o seu blog está show, melhor que o meu rsrs vc que vai precisar me ajudar. rsrs
    pastora Geiza Dantas

    ResponderExcluir